Search
Close this search box.

Sim, desde que os contratos tenham duração superior a um ano (art. 477 da CLT).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *