Search
Close this search box.

Jovem do Iphac é selecionado pelo projeto Jovens na Política em Linhares

Você sabe como é feito um projeto de lei para beneficiar seu bairro ou sua cidade com escolas, asfalto, hospitais e serviço social? Isso e muito mais, o jovem Ytallo Pablo, do Centro de Referências das Juventudes (CRJ) de Linhares, (ES) vai aprender na prática.

Ytallo foi selecionado pelo gabinete do vereador Professor Antônio César (PV), para trabalhar na Câmara Municipal, por meio do projeto Jovens na Politica. Trata-se de um projeto considerado inovador e que foi desenvolvido pelo parlamentar para aumentar a participação dos jovens na política. “O objetivo não só de oportunizar o ingresso de jovens no mercado de trabalho, mas principalmente contribuir com a formação política, enquanto sujeito político de seu futuro e de sua comunidade”, explica o vereador.

O projeto tem o desafio de conscientizar os jovens em fase de inclusão laboral a serem atores sociais engajados na vida coletiva, ou seja, contribuir com a comunidade por meio da política. O vereador procurou o CRJ Linhares para ajudá-lo na busca por currículos de jovens engajados para fazer a seletiva.

“Tenho acompanhado os trabalhos do Centro de Referências das Juventudes (CRJ) de Linhares desde a sua implantação e foi desse diálogo que surgiu a iniciativa de somar forças, afinal, um dos anseios dos jovens de nosso município se refere ao acesso a emprego e qualificação, e tudo isso depende de políticas públicas”, diz. O vereador disse que a Câmara tem muito contribuir com a formação do Ytallo nas mais diversas áreas do conhecimento e do trabalho e na vida política dos cidadãos.

O presidente do Iphac, Valdinei Valério, diz não ter dúvidas de que o projeto do vereador está em sintonia com o instituto e os CRJs espalhados pelo país. “Nosso trabalho vai muito além da inclusão laboral. Impacta positivamente no educacional, social, econômico, cultural e político”, detalha Valdinei.

Ele destaca a importância dos jovens brasileiros saberem como funciona o trabalho político nas cidades, estados e no país. “Só assim eles poderão participar diretamente das ações que definem o futuro do jovens. O Ytallo vai saber como uma casa de leis (Câmara Municipal) funciona e poderá compartilhar com outros jovens”, comemora.

Compartilhe esse post:

você pode gostar...